ícone banner ACT-32.png

Parceria Internacional.

Projeto financiado pelo programa Civil Society Solidarity Fund for NCDs and COVID-19 desenvolvido pela NCD Alliance.

Em parceria com a ACT Promoção da Saúde, o Programa Parcerias Municipais oferece a Capacitação EAD de Advocay e Política Públicas para o Enfrentamento das DCNTs (Doenças Crônicas não Transmissíveis). O projeto é financiado pelo programa Civil Society Solidarity Fund por NCDs and Covid-19, desenvolvido pela NCD Alliance. São mil vagas destinadas a gestores públicos para apoiar os municípios no enfrentamento dessas doenças que são causa de mais de 70% das mortes no Brasil, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Serão quatro turmas de 250 alunos.

 

Sobre o curso

O curso tem como objetivo capacitar gestores municipais de áreas estratégicas das prefeituras municipais, além de representantes da sociedade civil, compartilhando as melhores ferramentas e práticas de Advocacy para construção de ações estratégicas, de alto impacto, para o enfrentamento e prevenção das DCNTs (doenças crônicas não transmissíveis).

Inscrição e data de início das aulas

As inscrições para a primeira turma estão disponíveis até o dia 26/03/2021.

Os conteúdos das videoaulas estarão disponíveis na plataforma EAD a partir de 07/04/2021.

As discussões em fóruns, aplicações de exercícios e trabalho de conclusão ocorrerão no período de dois meses após a disponibilização do conteúdo na plataforma EAD.

Para quem é?

O curso é recomendado para gestores e representantes da sociedade civil, responsáveis pela implementação de políticas públicas no território municipal, que buscam ampliar seus conhecimentos na articulação multissetorial para o enfrentamento e prevenção das DCNTs (Doenças Crônicas Não Transmissíveis). Voltado também aos profissionais que buscam ampliar seus conhecimentos na aplicação de estratégias de Advocacy para desenvolvimento de planos de ação focados em resultado.

Como acontece?

Com uma metodologia atual e dinâmica, o curso é composto por videoaulas em EAD (Ensino a Distância), com abordagem de aspectos teóricos, além de exemplos práticos, exercícios e discussão em fóruns. No final do curso, o aluno deverá elaborar um plano de ação de intervenção, com auxílio das ferramentas da plataforma do curso, para a conclusão e recebimento de certificado.

Programa e carga horária

  1.  Introdução às DCNTs e sua relação com a Covid-19 (20min aprox.);

  2.  Agenda 2030, um roteiro de desenvolvimento sustentável e referências de ação diante das DCNTs (20min aprox.);

  3.  Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das DCNTs no Brasil (20min aprox.);

  4.  Papel dos gestores públicos durante e depois da pandemia de COVID-19 (20min aprox.);

  5.  Fator de risco: Tabagismo (20min aprox.);

  6.  Fator de risco: Alimentação inadequada (20min aprox.);

  7.  Fator de risco: Álcool (20min aprox.);

  8.  Fatores de risco: Inatividade física  e Poluição do ar (20min aprox.);

  9.  Como fazer advocacy em diferentes esferas: oportunidades, desafios e habilidades a desenvolver (20min aprox.);

  10.  Importância da comunicação e participação social na construção de estratégias para deter as DCNTs (20min aprox.);

  11.  Como identificar e evitar conflitos de interesses na elaboração de políticas públicas? (20min aprox.);

  12.  O papel dos Conselhos Municipais, da rede de saúde dos municípios e dos demais segmentos organizados das áreas sociais e ambientais (20min aprox.);

  13.  Elaboração do Plano de Advocacy para a promoção de políticas públicas para o enfrentamento das DCNTs (20min aprox.);

  14.  Implementação e monitoramento do Plano de Advocacy(20min aprox.).

Carga horário total – 30 horas*

*tempo estimados considerando os exercícios propostos, participação nos fóruns e trabalho de conclusão do curso

Grade curricular

Instituições responsáveis

       ACT Promoção da Saúde

Organização não governamental que atua na promoção e defesa de políticas de saúde pública, especialmente nas áreas de controle do tabagismo, alimentação saudável, controle do álcool e atividade física. Esse trabalho é realizado por meio de ações de advocacy, que incluem incidência política, comunicação, mobilização, formação de redes e pesquisa, entre outras.

       A Unidade de Gestão de Projetos / Capacitação - UGP

Grupo de assessoria ao Gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Regional, responsável pelo acompanhamento de projetos e capacitação de servidores municipais em assuntos de cooperação entre o governo do Estado de São Paulo e os municípios paulistas.

       A Coordenadoria de Controle de Doenças da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo

Órgão da Secretaria de Estado da Saúde responsável pelo planejamento das ações que proporcionam o conhecimento, a detecção e a prevenção de quaisquer mudanças nos fatores determinantes do processo de saúde individual e coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar medidas de prevenção e controle de doenças e agravos.

       A Unidade de Coordenação de Projetos da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo

Departamento responsável pelo planejamento, coordenação, acompanhamento, avaliação e execução de ações e atividades para fortalecimento da gestão estadual da saúde em consonância com os objetivos estratégicos das ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da agenda 2030 da ONU.