Buscar

Oficina aborda novo desafio para 2021

Elaborar o portfólio de iniciativas a ser sugerido aos municípios para “Reduzir os impactos da pandemia na pobreza e na geração de renda" foi objetivo dessa oficina.


Nesta terça-feira, 23/2, a equipe técnica do Programa Parcerias Municipais se reuniu com especialistas das secretarias de Desenvolvimento Regional (SDR), de Desenvolvimento Econômico (SDE) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para elaborar o portfólio de ações do novo desafio do programa “Reduzir os impactos da pandemia na pobreza e na geração de renda”.


O foco da reunião foi elencar ações e indicar caminhos para que os municípios mitiguem os impactos causados pela pandemia no que diz respeito à sustentabilidade financeira dos cidadãos paulistas. Além de iniciativas, o portfólio aponta programas das diversas secretarias de governo e de entidades privadas que podem contribuir para acelerar a resolução de questões que sozinho o município teria dificuldade em atingir.


Participaram da reunião pela SDR, Renan Bastianon, coordenador do Programa Parcerias Municipais e o assessor técnico Waldir Catanzaro, a equipe da Fipe formada pela gerente de projetos Rosane Ribeiro e p Adriana Fontes, Isabela Nogueira, Karla Regner, Marcelo Trevisan e Thiago Gallian, a equipe técnica da SDE formada por Cláudia Cerqueira e Adriana Tedesco e os consultores do Sebrae, Manuela Colombo, Tiago Souza Ramos, Camila Patrício, Priscilla Cubas e Sandy Cabral.


O objetivo desses encontros é revisar e estruturar o portfólio de iniciativas a serem apresentadas aos municípios para enfrentamento dos desafios do programa em 2021 para elaboração de seus planos de ação que deve iniciar a partir de 8 de março.


Oficinas realizadas

8/2 - “Promover ambientes menos suscetíveis a roubos”, com a participação dos especialistas da área de segurança, o Capitão da Polícia Militar Diógenes Bandoli, e a antropóloga e pesquisadora da área de segurança pública, Beatriz Graeff.

9/2 - “Fortalecer as redes de combate à violência sexual”, com a participação do Capitão da Polícia Militar Diógenes Bandoli, da Secretaria de Segurança Pública, e a antropóloga e pesquisadora da área de segurança pública, Beatriz Graeff.

10/2 - “Reduzir as taxas de mortalidade infantil e materna”, com a participação da equipe técnica da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, Roberta Ricardes Pires, Adriana Dias e Marisa Ferreira S. Lima.

- “Prevenção e combate a doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs)”, com a participação da professora Claudia Marques Canabrava, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, Eduardo Barbosa Coelho, da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto, Arnaldo Sala, médico na Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, onde coordena a Atenção Básica, e Marília Sobral Albiero, coordenadora da ACT Promoção à Saúde.

18/2 – “Ampliar o acesso à creche” e “Universalizar o acesso à pré-escola”, com a participação de Patrick Tranjan, assessor da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo e Luciana Campos, da Nova Escola, especializada na produção de material para formação de professores.

19/2 - “Alavancar a qualidade do Ensino Fundamental I”, com a participação do assessor da SDR, Fernando Montoro, e o assessor da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, Patrick Tranjan.


Próxima oficina

24/2 – Última oficina da série com o tópico Combate à pobreza.