Buscar

Parcerias Municipais premia com $ 14 milhões os municípios que se destacaram no 2º ciclo

Entre as 621 cidades paulistas participantes do programa, 30 dividirão o prêmio que será entregue em forma de convênios com a Secretaria de Desenvolvimento Regional.



Nesta terça-feira, 7/12, o Governador João Doria, o Vice-governador Rodrigo Garcia e o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, fizeram a entrega da premiação do 2º. Ciclo do Programa Parcerias Municipais aos municípios que mais se destacaram ao longo do ano. Foram 30 municípios premiados que receberam um total de R$ 14 milhões em prêmios. O evento aconteceu na Sala São Paulo e contou com a participação da São Paulo Big Band.


“Estamos muito satisfeitos com os resultados do Parcerias Municipais, cujos propósitos têm sido plenamente alcançados. São eles: investir no desenvolvimento regional para aumentar a competitividade dos municípios paulistas, melhorar a qualidade de vida da população e reduzir as desigualdades regionais”, disse o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.


Nesta edição, os municípios concorreram em três categorias, considerando o recorte populacional de até 50 mil habitantes, de 50 mil a 100 mil habitantes e mais de 100 mil habitantes:


PARCERIAS EM AÇÃO - os municípios que já haviam realizado pelo menos 75% das entregas e apresentaram a melhor combinação de execução dos planos de ação e conformidade e coerência das evidências de realização das entregas.

Premiação: três premiados para cada um dos oito desafios do programa: R$ 200 mil para municípios até 50 mil habitantes; R$ 400 mil para municípios com 50 mil a 100 mil habitantes e R$ 700 mil para municípios com mais de 100 mil habitantes.


MELHORES RESULTADOS – os três municípios que tiveram destaque nos resultados no conjunto dos indicadores relacionados aos desafios do programa.

Premiação: R$ 500 mil para cada município


TOP TRÊS – os três municípios que simultaneamente se destacaram nas categorias Parcerias em Ação e Melhores Resultados.

Premiação: R$ 700 mil para cada município


“O Parcerias Municipais é uma revolução na relação entre Estado e municípios, ele possibilita a modernização da gestão pública. Essa premiação é um reconhecimento do Governo de São Paulo ao trabalho executado pelas equipes municipais. Ficamos felizes em ver o desenvolvimento das cidades por meio de políticas públicas”, frisou o Coordenador do Programa Parcerias Municipais, Renan Bastianon.


Os recursos serão repassados por meio de convênios a serem firmados com a Secretaria de Desenvolvimento Regional e serão destinados a obras de infraestrutura urbana a serem indicadas pelas Prefeituras.


Veja abaixo os vencedores de cada categoria:


PRÊMIO PARCERIAS EM AÇÃO


Desafio 1: Educação – Ampliar o acesso à creche

Até 50 mil habitantes – Santa Cruz das Palmeiras (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Itanhaém (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Guarujá (R$ 700 mil)


Desafio 2: Educação – Universalizar o acesso à pré-escolar

Até 50 mil habitantes – Araçariguama (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Porto Feliz (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Carapicuíba (R$ 700 mil)


Desafio 3: Educação – Alavancar a qualidade do Ensino Fundamental I

Até 50 mil habitantes – Junqueirópolis (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Lençóis Paulistas (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Itapetininga (R$ 700 mil)


Desafio 4: Saúde – Reduzir as taxas de mortalidade infantil e materna

Até 50 mil habitantes – Mira Estrela (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Olímpia (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Ferraz de Vasconcelos (R$ 700 mil)


Desafio 5: Saúde – Reduzir os óbitos prematuros por DCNT

Até 50 mil habitantes – Mirante do Paranapanema (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Bebedouro (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Itu (R$ 700 mil)


Desafio 6: Segurança – Promover ambientes menos suscetíveis a roubos

Até 50 mil habitantes – Adamantina (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Cruzeiro (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Bauru (R$ 700 mil)


Desafio 7: Segurança – Fortalecer as redes de combate à violência sexual

Até 50 mil habitantes – Rancharia (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Itapira (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Sorocaba (R$ 700 mil)


Desafio 8: Pandemia – Mitigar os impactos da pandemia na pobreza e na geração e emprego e renda

Até 50 mil habitantes – Itaberá (R$ 200 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Amparo (R$ 400 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Suzano (R$ 700 mil)


PRÊMIO MELHORES RESULTADOS

Até 50 mil habitantes – Oscar Bressane – (R$ 500 mil)

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Fernandópolis – (R$ 500 mil)

Acima de 100 mil habitantes – Marília – (R$ 500 mil)


PRÊMIO TOP 3

Acima de 100 mil habitantes – Indaiatuba (R$ 700 mil) - 1º Lugar

Entre 50 mil e 100 mil habitantes – Jaguariúna (R$ 700 mil) - 2º Lugar

Até 50 mil habitantes – Santa Clara D’Oeste (R$ 700 mil) - 3º Lugar




Mais fotos do evento podem ser conferidas no link: https://www.flickr.com/photos/governosp/with/51732019033/