Buscar

Pesquisa vai levantar os desafios dos municípios na atenção à 1ª infância durante a pandemia

A participação dos municípios é fundamental para que os dados reflitam a realidade. Os resultados serão disponibilizados para consulta dos gestores.


A Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, com apoio do Unicef, Itaú Social, e parceria com a Undime, Congemas e Conasems, está coordenando a pesquisa de âmbito nacional "Impactos da Covid-19 na atenção à primeira infância". A proposta é identificar as dificuldades impostas pela pandemia da Covid-19 na gestão e prestação dos serviços municipais ofertados pela Saúde, Assistência Social e Educação às famílias e crianças na primeira infância.


O principal objetivo é mapear os desafios e oportunidades vivenciados pelos municípios na jornada de atenção à primeira infância durante a pandemia para municiar gestores para tomada de decisão. A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo pretende fazer uso dos resultados, com recorte de São Paulo, para compor a construção do plano estadual pela primeira infância do Programa Criança Feliz.

A pesquisa dura em torno de 20 minutos e traz perguntas voltadas as áreas da Saúde, Assistência Social e Educação, que podem ser respondidas por gestores.


Após a finalização da pesquisa o relatório com os resultados estará disponível para consulta dos gestores, sem a identificação dos municípios, no site da Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

Para responder ao questionário, acesse: https://pt.research.net/r/pesquisa_PI