Buscar

Programa Parcerias encerra série de oficinas para revisão do portfólio de inciativas para 2021

No dia 8 de março os municípios iniciam o processo de elaboração dos planos de ação que terão os portfólios como ponto de partida.


Ao longo do mês de fevereiro a equipe técnica do Programa Parcerias Municipais realizou oito oficinas de trabalho com o propósito de definir os portfólios de iniciativas para cada um dos desafios a serem enfrentados pelos municípios em 2021. A última oficina foi realizada nesta quarta-feira, 24/2 para tratar do novo desafio ‘Reduzir os impactos da pandemia na pobreza e na geração de renda’ e contou com a participação da Secretaria de Desenvolvimento Social e do Sebrae.


“Todos fomos e estamos sendo significativamente afetados pela pandemia em vários aspectos. Sendo assim consideramos fundamental nos unir para enfrentar essa dificuldade”, comenta Renan Bastianon, coordenador do Programa Parcerias Municipais.


Diferente da edição de 2020, este ano será obrigatório aos municípios que aderiram ao Programa adotar as iniciativas definidas nas oficinas para a elaboração dos planos de ação, fase que deve se iniciar em 8 de março.


Segundo Bastianon, a realização das oficinas foi um trabalho muito rico e intenso. “Contamos com a parceria das secretarias de Segurança, Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Econômico, além do empenho dos especialistas convidados, que resultaram em portfólios preciosos para contribuir no enfrentamento dos desafios para a redução da desigualdade no estado de São Paulo”, conclui.


Participaram das oficinas:

Secretaria de Desenvolvimento Regional: Renan Bastianon, Fernando Montoro, Waldir Catanzaro, Maria Lucia de Lourdes Ribeiro (Malu) e José Eduardo Pessini.

Secretaria de Segurança: Capitão da Polícia Militar Diógenes Bandoli

Secretaria de Saúde: Roberta Ricardes Pires, Adriana Dias e Marisa Ferreira S. Lima e Dr. Arnaldo Sala.

Secretaria de educação: Patrick Tranjan

Secretaria de Desenvolvimento Econômico: Cláudia Cerqueira e Adriana Tedesco

Secretaria de Desenvolvimento Social: Nayra Karam, Simone Malandrino e Rafael Lisboa.

Fipe: Rosane Ribeiro, Adriana Fontes, Isabela Nogueira, Karla Regner, Marcelo Trevisan, Thiago Gallian e Célia Moreno.


Especialistas:


Segurança: Beatriz Graeff , pesquisadora da área de segurança pública.

Saúde: Profa. Claudia Marques Canabrava, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, Prof. Eduardo Barbosa Coelho, da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto e Marília Sobral Albiero, coordenadora da ACT Promoção à Saúde.

Educação: Luciana Campos, da Nova Escola, especializada na produção de material para formação de professores.

Mitigar os impactos da pandemia: na pobreza e na geração de emprego e renda: Equipe técnica do Sebrae - Manuela Colombo, Tiago Souza Ramos, Camila Patrício, Priscilla Cubas e Sandy Cabral.

Combate à pobreza: Profa. Alice Bittencourt


Oficinas realizadas


8/2 - “Promover ambientes menos suscetíveis a roubos”

9/2 - “Fortalecer as redes de combate à violência sexual”

10/2 - “Reduzir as taxas de mortalidade infantil e materna”

- “Prevenção e combate a doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs)”

18/2 – “Ampliar o acesso à creche” e “Universalizar o acesso à pré-escola”

19/2 - “Alavancar a qualidade do Ensino Fundamental I”

22/2 - “Mitigar os impactos da pandemia: na pobreza e na geração de emprego e renda”

24/2 – “Combate à pobreza”